Com esse Parlamento, voltaremos 1000 casas no jogo de construir um país mais justo e Dilma pode fazer POUCO ou quase NADA sobre isso!

Funciona assim:

Você pode até achar que ela poderia estar mais à esquerda, mas ainda assim Dilma pode ser considerada progressista, tá?
Aí, a gente trabalha feito doido, 14/15 horas por dia, primeiro porque é militante desde que nasceu e não sabe fazer outra coisa da vida, segundo porque exatamente por ser assim, foi contratada para ajudar na campanha que reelegeria Dilma. Pois bem. Feito isso, veio o resultado e a gente chorou junto, eu e mais 40 pessoas maravilhosas que militam pelas mesmas causas que eu. Eu e minha filha, que com apenas 5 anos já entende que Dilma governa para os “pobrinhos” (como ela define Dilma), eu e minha mãe, ao telefone, numa distância de 1000 quilômetros e uma saudade infinita. Eu e meus amigos daqui e de Miami, Tóquio, Talin…

Mas, depois da emoção vem a constatação de que elegemos a pessoa certa para o executivo, mas o executivo não é NADA, ou muito POUCO sem um Parlamento coerente, progressista, humanista, etc etc.

Pra resumir, a reportagem abaixo define o que nos espera os próximos 4 anos: Dilma tentando manter o que foi feito e não podendo fazer NADA para que o RETROCESSO dê às caras. Enjoy, amigos, e PAREM, simplesmente PAREM de colocar tudo na conta do GOVERNO FEDERAL, ele não é, infelizmente, senhor de TUDO!

http://www.ebc.com.br/noticias/politica/2015/02/camara-desarquiva-projeto-de-eduardo-cunha-que-cria-o-dia-do-orgulho

(texto sem concordância, sem pontuação mas foi escrito num suspiro só. me desculpem)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s