Porque toda mãe é uma pouco médica e muito louca!

Aí você chega em casa e sua filha vomitou. Você a pega no colo e ela vomita mais uma vez.

SER mãe é ter uma filha de 100 anos e ainda se assustar com “febre” de 37,5ºC ou vômitos ou dores de estômago ou dor de barriga.

É como se nenhuma indisposição simples fosse só isso. É como se cada dor de barriga fosse um alerta para algo mais grave. É como estar sempre em suspensão com o medo constante de p-e-r-d-e-r.

SER mãe = uma das minhas melhores facetas. Uma das minhas facetas mais dolorida e angustiante.

Não, não adianta pedir que eu relaxe. Mas me abrace, se puder!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s